Irmãos

sexta-feira, 24 de agosto de 2012



Creia que Deus sempre está ao seu lado!!!



Proverbios 2


1 FILHO meu, se aceitares as minhas palavras, e esconderes contigo os meus mandamentos,

2 Para fazeres o teu ouvido atento à sabedoria; e inclinares o teu coração ao entendimento;

3 Se clamares por conhecimento, e por inteligência alçares a tua voz,

4 Se como a prata a buscares e como a tesouros escondidos a procurares,

5 Então entenderás o temor do SENHOR, e acharás o conhecimento de Deus.

6 Porque o SENHOR dá a sabedoria; da sua boca é que vem o conhecimento e o entendimento.

7 Ele reserva a verdadeira sabedoria para os retos. Escudo é para os que caminham na sinceridade,

8 Para que guardem as veredas do juízo. Ele preservará o caminho dos seus santos.

9 Então entenderás a justiça, o juízo, a eqüidade e todas as boas veredas.

10 Pois quando a sabedoria entrar no teu coração, e o conhecimento for agradável à tua alma,

11 O bom siso te guardará e a inteligência te conservará;

12 Para te afastar do mau caminho, e do homem que fala coisas perversas;

13 Dos que deixam as veredas da retidão, para andarem pelos caminhos escusos;

14 Que se alegram de fazer mal, e folgam com as perversidades dos maus,

15 Cujas veredas são tortuosas e que se desviam nos seus caminhos;

16 Para te afastar da mulher estranha, sim da estranha que lisonjeia com suas palavras;

17 Que deixa o guia da sua mocidade e se esquece da aliança do seu Deus;

18 Porque a sua casa se inclina para a morte, e as suas veredas para os mortos.

19 Todos os que se dirigem a ela não voltarão e não atinarão com as veredas da vida.

20 Para andares pelos caminhos dos bons, e te conservares nas veredas dos justos.

21 Porque os retos habitarão a terra, e os íntegros permanecerão nela.

22 Mas os ímpios serão arrancados da terra, e os aleivosos serão dela exterminados.


Campanha Leia a Bíblia 2012/ Pequenos Passos




JOÃO 17




1 JESUS falou assim e, levantando seus olhos ao céu, disse: Pai, é chegada a hora; glorifica a teu Filho, para que também o teu Filho te glorifique a ti;

2 Assim como lhe deste poder sobre toda a carne, para que dê a vida eterna a todos quantos lhe deste.

3 E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.

4 Eu glorifiquei-te na terra, tendo consumado a obra que me deste a fazer.

5 E agora glorifica-me tu, ó Pai, junto de ti mesmo, com aquela glória que tinha contigo antes que o mundo existisse.

6 Manifestei o teu nome aos homens que do mundo me deste; eram teus, e tu mos deste, e guardaram a tua palavra.

7 Agora já têm conhecido que tudo quanto me deste provém de ti;

8 Porque lhes dei as palavras que tu me deste; e eles as receberam, e têm verdadeiramente conhecido que saí de ti, e creram que me enviaste.

9 Eu rogo por eles; não rogo pelo mundo, mas por aqueles que me deste, porque são teus.


10 E todas as minhas coisas são tuas, e as tuas coisas são minhas; e nisso sou glorificado.

11 E eu já não estou mais no mundo, mas eles estão no mundo, e eu vou para ti. Pai santo, guarda em teu nome aqueles que me deste, para que sejam um, assim como nós.

12 Estando eu com eles no mundo, guardava-os em teu nome. Tenho guardado aqueles que tu me deste, e nenhum deles se perdeu, senão o filho da perdição, para que a Escritura se cumprisse.

13 Mas agora vou para ti, e digo isto no mundo, para que tenham a minha alegria completa em si mesmos.

14 Dei-lhes a tua palavra, e o mundo os odiou, porque não são do mundo, assim como eu não sou do mundo.

15 Não peço que os tires do mundo, mas que os livres do mal.

16 Não são do mundo, como eu do mundo não sou.

17 Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade.

18 Assim como tu me enviaste ao mundo, também eu os enviei ao mundo.

19 E por eles me santifico a mim mesmo, para que também eles sejam santificados na verdade.

20 E não rogo somente por estes, mas também por aqueles que pela sua palavra hão de crer em mim;

21 Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste.

22 E eu dei-lhes a glória que a mim me deste, para que sejam um, como nós somos um.

23 Eu neles, e tu em mim, para que eles sejam perfeitos em unidade, e para que o mundo conheça que tu me enviaste a mim, e que os tens amado a eles como me tens amado a mim.

24 Pai, aqueles que me deste quero que, onde eu estiver, também eles estejam comigo, para que vejam a minha glória que me deste; porque tu me amaste antes da fundação do mundo.

25 Pai justo, o mundo não te conheceu; mas eu te conheci, e estes conheceram que tu me enviaste a mim.

26 E eu lhes fiz conhecer o teu nome, e lho farei conhecer mais, para que o amor com que me tens amado esteja neles, e eu neles esteja.

Campanha Leia a Bíblia 2012 / Pequenos Passos

segunda-feira, 30 de julho de 2012

O milagre está em Deus!



"TUDO tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.
Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou;
Tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar;
Tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar;
Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar;
Tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de lançar fora;
Tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar;
Tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz."

Meu tempo determinado chegou, e sei que o Senhor está no controle, sei também que chegarão outros momentos em minha vida, tenho que esperar...

Às vezes não sabemos esperar pelas obras de Deus, queremos que tudo aconteça do nosso jeito e no nosso tempo, e esquecemos que Deus faz as coisas em seu tempo, mesmo que este tempo seja impossível de se compreender, veja o exemplo de Elias com a viúva de Serepta, as esperanças dela já haviam acabado, pois ela desejava a morte dela e de seu único filho pela situação que passavam:

"Então ele se levantou, e foi a Sarepta; e, chegando à porta da cidade, eis que estava ali uma mulher viúva apanhando lenha; e ele a chamou, e lhe disse: Traze-me, peço-te, num vaso um pouco de água que beba.
E, indo ela a trazê-la, ele a chamou e lhe disse: Traze-me agora também um bocado de pão na tua mão.
Porém ela disse: Vive o SENHOR teu Deus, que nem um bolo tenho, senão somente um punhado de farinha numa panela, e um pouco de azeite numa botija; e vês aqui apanhei dois cavacos, e vou prepará-lo para mim e para o meu filho, para que o comamos, e morramos."
 1Reis 17:10-12

Elias era a representação de Cristo na sua época, enviado para aqueles que nacessitavam da presença de Deus em suas vidas, nisto, ele declarava palavras de fé áqueles e Deus o concedia em favor dos necessitados.

"E ela foi e fez conforme a palavra de Elias; e assim comeu ela, e ele, e a sua casa muitos dias."
1Reis 17:15

Elias disse para o alimentar primeiro com o que tinha e depois alimentou ela e seu filho... e o milagre aconteceu, debaixo da obediência da palavra de fé liberada pelo homem de Deus.


 Como "TUDO tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu", chegou o tempo de chorar daquela mulher, mesmo tendo o homem de Deus em sua companhia, hospedado em sua casa:

"E depois destas coisas sucedeu que adoeceu o filho desta mulher, dona da casa; e a sua doença se agravou muito, até que nele nenhum fôlego ficou.
 Então ela disse a Elias: Que tenho eu contigo, homem de Deus? vieste tu a mim para trazeres à memória a minha iniqüidade, e matares a meu filho?"
 1Reis 17:17,18

Às vezes achamos que Jesus entra em nossas vidas para nos acusar e nos fazer lembrar de nossas iniquidades castigando-nos por atos que fizemos no passado, mas isso não acontece, Ele entra em nossas vidas para nos transformar e nos dar nova vida, e quando as tribulações acontecem, é permitido para que a glória de Deus se manifeste através de nossas vidas, para a honra e Glória de seu Santo Nome.

Para que isto aconteça, temos que ter a certeza de que o "homem de Deus" é a solução dos nossos problemas e entregá-los em suas mãos, mesmo não vendo esperança:

"E ele disse: Dá-me o teu filho. E ele o tomou do seu regaço, e o levou para cima, ao quarto, onde ele mesmo habitava, e o deitou em sua cama,
E clamou ao SENHOR, e disse: Ó SENHOR meu Deus, também até a esta viúva, com quem me hospedo, afligiste, matando-lhe o filho?
 Então se estendeu sobre o menino três vezes, e clamou ao SENHOR, e disse: Ó SENHOR meu Deus, rogo-te que a alma deste menino torne a entrar nele.
 E o SENHOR ouviu a voz de Elias; e a alma do menino tornou a entrar nele, e reviveu."
1Reis 20-22

Jesus é o nosso intercessor junto ao Pai, Ele clama e o Pai o ouve, Ele toma nossas  dores e lança sobre elas sua súplica de misericórdia.

Creia somente, o milagre pode acontecer, não por ser possível para seu coração, pois aquela mulher sabia do que Elias era capaz em nome de Deus e mesmo assim o acusou de trazer a ela dor e sofrimento, e Deus através de Elias fez sua obra e a entregou nas mãos daquela mulher para que seu Nome fosse exaltado, não para multidões, mas para ser exaltado no coração daquela mulher:

"E Elias tomou o menino, e o trouxe do quarto à casa, e o deu a sua mãe; e disse Elias: Vês aí, teu filho vive.
 Então a mulher disse a Elias: Nisto conheço agora que tu és homem de Deus, e que a palavra do SENHOR na tua boca é verdade."
1Reis 23,24

O milagre que você precisa está em Deus, Creia somente... e espere, mesmo não vendo possibilidades.


O milagre acontece não porque se quer, mas quando no coração a necessidade de conhecer a Deus verdadeiramente aflora, pois Deus conhece os corações e sabe quando se manifestar para exaltar o seu Nome.


quarta-feira, 25 de julho de 2012


"SENHOR, tu me sondaste, e me conheces.
 Tu sabes o meu assentar e o meu levantar; de longe entendes o meu pensamento.
 Cercas o meu andar, e o meu deitar; e conheces todos os meus caminhos.
 Não havendo ainda palavra alguma na minha língua, eis que logo, ó SENHOR, tudo conheces."

Salmo 139:1-4

Gostaria de falar sobre sacrifícios... bem, não tem nada a ver com os versículos citados acima, mas vou mostrar onde quero chegar...

Ouvi outro dia, um grande amigo (muito amigo), me citando uma passagem bíblica que justificaria certas pregações que têm se ouvido por aí a respeito do sacrifício atual que podemos fazer a Deus, eu disse "podemos", não "devemos", digo isso porque os pregadores desta palavra alegam não nos obrigar a fazê-los.

A passagem diz respeito a Salomão e se encontra em 1Reis 3:4-5:
 "E foi o rei a Gibeom para lá sacrificar, porque aquele era o alto maior; mil holocaustos sacrificou Salomão naquele altar.
 E em Gibeom apareceu o SENHOR a Salomão de noite em sonhos; e disse-lhe Deus: Pede o que queres que eu te dê."

Este é ao ponto chave... "Pede o que queres que eu te dê." 

A pregação nos faz entender que podemos pedir o que quisermos a Deus perante um sacrifício de fé, mas a alguns pontos que quero abordar;

1º: O que, ou melhor, qual o motivo que me fez fazer tal sacrifício?
2º: O que seria um sacrifício de fé?
3º: Qual seria o desejo que impera em meu coração?

Vejamos por partes...

1º: Salomão fez tal sacrifício a Deus por simplesmente amá-lo e era grato pelo que já tinha, veja: 

"E Salomão amava ao SENHOR, andando nos estatutos de Davi seu pai; somente que nos altos sacrificava, e queimava incenso"
 1Reis 3:3.

2º: No versículo seguinte justifica o significado de sacrifício de fé,  

"E foi o rei a Gibeom para lá sacrificar, porque aquele era o alto maior; mil holocaustos sacrificou Salomão naquele altar." 1Reis 3:4.

O versículo 2 diz que assim era feito por não haver ainda a edificação da casa ao nome do Senhor.

3º: Deus permitiu que Salomão pedisse o que quisesse por saber o que se passava naquele coração, a prova disso está no versículo 10 do capitulo 3 de 1Reis:

"E esta palavra pareceu boa aos olhos do Senhor, de que Salomão pedisse isso."

Veja que "pareceu boa" ou "agradaram" ao Senhor , não o surpreendeu.
Deus já conhecia seu coração e como um de seus atributos é a onisciencia, concedeu a Salomão a escolha do que quisesse.

Por isso os versículos citados acima no início... Deus é ONISCIENTE!

Salomão disse já ser agraciado por estar se cumprindo em sua vida as promessas feita a Davi, seu pai por Deus, e pede somente sabedoria, para Salomão, estava tudo certo, não precisava de mais nada, somente achava que , por causa de sua imaturidade ele não conseguiria governar com tanto empenho como seu pai.

Deus com toda a sua onisciencia e misericórdia, concedeu o que queria e além disto deu a ele muita riqueza como glória.

Quanto à sua longevidade, Deus o determinou alguns poréns: 

"E, se andares nos meus caminhos, guardando os meus estatutos, e os meus mandamentos, como andou Davi teu pai, também prolongarei os teus dias."
1Reis 3:14.

Concluindo: O sacrifício de fé é feito por gratidão e amor ao Deus de toda sua vida, não é motivada por glórias deste mundo, pois tudo isso passa, não é pecado desejar ter uma vida tranquila nesta vida, mas transformar este motivo em combustivel de adoração a Deus...

Deus conhece nossos corações, sabe o que nos motiva a adorá-lo, basta a nós nos perguntar se isso está sendo agradável aos olhos de Deus.
 Nos alegremos em sermos considerdos agraciados por Deus através de Jesus Cristo.

"Porque o ímpio gloria-se do desejo da sua alma; bendiz ao avarento, e renuncia ao SENHOR."
salmo 10:3

"Ele cumprirá o desejo dos que o temem; ouvirá o seu clamor, e os salvará."
salmo 145:19

"BUSCA satisfazer seu próprio desejo aquele que se isola; ele se insurge contra toda sabedoria."
proverbios 18:1

"IRMÃOS, o bom desejo do meu coração e a oração a Deus por Israel é para sua salvação."
romanos 10:1

Onde está seu coração?

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Honra e Temor

"O filho honra o pai, e o servo o seu senhor; se eu sou pai, onde está a minha honra? E, se eu sou senhor, onde está o meu temor?..." Malaquias 1:6a

Eu estive pensando neste versículo e, falando por mim, receio não ter compartilhado desta verdade por um longo tempo em  inha vida cristã.

Aceitei a Cristo em um momento de fragilidade e desespero, acreditando que Ele poderia resolver todos os meus problemas que passava naquele momento, dor, angústia, vazio...

Foi pregado a mim que Ele é o meu Salvador pessoal, meu único Deus e Senhor, meu Pai e meu Norte, mas não me explicaram que tinha que relacionar, aliás, me disseram sim, mas não me ensinaram a me relacionar verdadeiramente com o Senhor, faltava algo...

Minha conversão foi sincera, acreditei que não havia mais condenação sobre mim, como o texto de romanos 8:1 me diz: "PORTANTO, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito". Mas não me ensinaram a andar segundo o Espirito, me disseram o que eu não devo fazer, como devo andar diante de Deus, ensinando regras e mais regras que se esqueceram de dizer como devo me preparar para andar segundo as regras.

Nesta minha caminhada com o Senhor tenho tido experiências maravilhosas a respeito desta preparação, a entrega me faz entender que posso me relacionar com Deus de uma maneira que posso Lhe apresentar honra e temor.

Tá faltando algo no sermão das igrejas hoje, falta reverencia ao Deus Altíssimo, falta respeito ao Ser que nos criou com tanto amor.

O ser humano hoje vai à igrja para adquirir as coisas passageiras, adquirir é pouco, exigir seria a palavra mais bem empregada, não se fala mais na vinda e na justiça de Deus, não se vê sacrifícios verdadeiros que ao meu entender seriam a mortificação da carne e a submissão ao Espirito.

 Tenho buscado nos livros dos profetas (velho testamento), a mesma audácia destes homens que enfrentavam reis para que a soberania de Deus fosse difundida por toda terra, vemos isso nestes dias?

Não, ou melhor, são poucos como em tempos antigos, o verdadeiro evangelho tem que ser dito por toda terra, qual destes países deste mundo ainda não conheceu a palavra de Deus nem que seja por uma só pessoa?

creio que o mundo já sabe que existe um livro que diz das coisas em que acreditamos, mas não conhecem Cristo em sua essencia, não pregam a vinda de Cristo, o arrebatamento, o arrependimento, a misericórdia, o amor, a justiça e a soberania de Deus como se deve ser pregada!

Deus quer que as pessoas o conheçam assim como Ele é, vejam o exemplo de Nínive quando Jonas foi levado a pregar o arrependimento àquele povo, eles reconheceram o erro e ouviram a voz do Senhor através do profeta, e a misericórdia pairou sobre aquele lugar.

Temos que prestar contas ao Senhor, o que temos feito e dito em Seu Nome?

Honra e Temor, esse é o evangelho que devemos pregar, e todas as outras coisas se dirão por si só...

Amém!

sábado, 2 de junho de 2012

A fé de Deus...

  "E num dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o SENHOR, veio também Satanás entre eles.
  Então o SENHOR disse a Satanás: Donde vens? E Satanás respondeu ao SENHOR, e disse: De rodear a terra, e passear por ela.
  E disse o SENHOR a Satanás: Observaste tu a meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, temente a Deus, e que se desvia do mal." 


Muito se ouve falar da fé de jó, de como ele foi integro e fiel a Deus em meio a tanta tribulação, de como não blasfemou e amaldiçoou o Santo nome do Altíssimo, de como exortou sua esposa quando a mesma disse para amaldiçoar o seu Deus e morrer...

As pregações ensinam como se deve comportar diante das dificuldades, orientando a glorificar a Deus quando tudo parece estar perdido, mas se esquecem de uma coisa, Jó começou a passar por tudo isso depois que o próprio Deus testemunhou a respeito dele a satanás.

Foi o testemunho de Deus que ascendeu a ira do inimigo sobre Jó, mas para o Senhor provocar a satanás teve de acreditar que Jó realmente não blasfemaria o Seu nome.

O que Deus tem dito a satanás a nosso respeito?

Parece difícil saber, mas é simples... Ele tem dito que somos íntegros, retos, tementes a Deus e que nos desviamos do mal...

Eu tenho certeza disto... Ele acredita no que fez, nós somos frutos de um sentimento de amor .
E tudo o que ele faz é perfeito, não é mesmo?

Acredite em Deus profundamente, acredite que Ele te fez capaz de resistir todas as investidas do diabo contra a sua vida.

Como a Palavra mesmo diz, "Eis que vos dou poder para pisar serpentes e escorpiões, e toda força do inimigo, e nada vos fará dano algum." lucas 10:19 

Isso é fé... Isto é a Fé de DEUS em você!

 

sábado, 26 de maio de 2012

Mais do que palavras... atitudes

"E aquele que guarda os seus mandamentos nele está, e ele nele. E nisto conhecemos que ele está em nós, pelo Espírito que nos tem dado" 1 João 3:24

O Senhor nos convence através de seu Espirito que habita em nós, não precisamos de provas concretas e científicas para provar sua existência, a sua obra serve como uma janela para a verdade, nisto paro e penso no quanto os homens incrédulos precisam se apegar em algo concreto para se certificar da existência da soberania de Deus.

Em nosso meio não é diferente, são buscas por milagres, não qualquer milagre, aqueles que mostram e dramatizam o poder Divino, são paraplégicos que voltam a andar, cegos que voltam a enxergar, ressucitados, curas de enfermidades... e por aí vai...

Ás vezes queremos um milagre acontecendo em nossas vidas, uma coisa extraordinária, fora do comum, isso é válido, mas nessa ansiedade pela vida nos faz cegos, coxos e surdos às coisas que realmente acontecem em nossas vidas, os verdadeiros milagres.

Quando Jesus disse em Mateus 6:29 que "E eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles." referindo-se aos lírios, creio que ele não se referia somente na beleza dos lírios, Ele chamava a atenção às pequenas coisas em nosso redor, elas estão em toda a parte, pois um lírio não é mais belo que a sigileza de uma rosa...

O fato é que não olhamos em nossa volta, não reconhecemos um milagre a um palmo do nosso nariz...

O abrir os olhos pela manhã depois de um dia cansativo e cheio de pensamentos iníquos, que ferem os ouvidos de Deus, é um milagre, milagre é ter mais uma chance de se voltar às pequenas coisas da vida, é ter mais uma chance de se reconciliar com Deus.

Desejamos um milagre?

Então peça a Deus que seus olho espirituais sejam abertos, que seus ouvidos sejam atentos às coisas que edificam, suas pernas retraídas e sem forças andem em prol do semear a palavra, que suas mãos ressequidas pelo egoísmo se estendem em direção ao próximo...

Quer ver um milagre?

Então respire bem fundo... assim poderá reconhecer que há vida, e se há vida, há esperança...

"Porque nós pelo Espírito da fé aguardamos a esperança da justiça." Gálatas 5:5

Jesus, o Cristo, a Esperança da Glória!!!!!

Amém!

quinta-feira, 10 de maio de 2012

“phileoteknos” (“mãe-amor”)

Pergunta: "O que diz a Bíblia sobre ser uma mãe cristã?"


Resposta:
Ser mãe é um papel muito importante que o Senhor escolhe para dar a muitas mulheres. Às mães é dito que amem seus filhos em Tito 2:4-5, que diz: “Para que ensinem as mulheres novas a serem prudentes, a amarem seus maridos, a amarem seus filhos, A serem moderadas, castas, boas donas de casa, sujeitas a seus maridos, a fim de que a palavra de Deus não seja blasfemada.” Em Isaías 49:15a a Bíblia diz: “Porventura pode uma mulher esquecer-se tanto de seu filho que cria, que não se compadeça dele, do filho do seu ventre?” Quando se começa a ser mãe?

Os filhos são presentes do Senhor (Salmos 127:3-5). Em Tito 2:4, aparece a palavra grega “phileoteknos”. Esta palavra representa um tipo especial de “mãe-amor”. A idéia que esta palavra evoca é de “preferir” nossos filhos, “cuidar” deles, “alimentá-los”, “abraçá-los” com amor, “satisfazer suas necessidades”, “amavelmente ser amiga” de cada um como único vindo da mão de Deus. A Escritura nos ordena para que vejamos “mãe-amor” como nossa responsabilidade. A palavra de Deus ordena tanto às mães quanto aos pais para que façam várias coisas na vida de seus filhos, dando:

Disponibilidade – manhã, tarde e noite (Deuteronômio 6:6-7).

Envolvimento – interagindo, colocando pontos de vista, pensando e processando a vida juntos (Efésios 6:4).

Ensinamento – sobre as Escrituras, a visão bíblica do mundo (Salmos 78:5-6, Deuteronômio 4:10, Efésios 6:4).

Treinamento – ajudando o filho a desenvolver habilidades e descobrir seu potencial (Provérbios 22:6).

Disciplina – ensinando o temor do Senhor, ensinando seus limites de forma consistente, amorosa e firme (Efésios 6:4, Hebreus 12:5-11, Provérbios 13:24, 19:18, 22:15, 23:13-14, 29:15-17).

Nutrição – provendo um ambiente de constante apoio verbal, liberdade de falhar, aceitação, afeto e amor incondicional (Tito 2:4, II Timóteo 1:7, Efésios 4:29-32, 5:1-2, Gálatas 5:22, I Pedro 3:8-9).

Exemplo com integridade – vivendo de acordo com o que ensina, sendo um modelo com o qual o filho possa aprender “captando” a essência de um viver piedoso (Deuteronômio 4:9, 15, 23; Provérbios 10:9, 11:3; Salmos 37:18, 37).

A Bíblia nunca ordena que todas as mulheres devam ser mães. Contudo, diz que aquelas que o Senhor abençoa e se tornam mães devem tomar seriamente tal responsabilidade. As mães têm um papel único e crucialmente importante nas vidas de seus filhos. A maternidade não é um trabalho ou tarefa desagradável. Da mesma forma com que uma mãe gera seu filho durante a gravidez, e da mesma forma com que a mãe alimenta e cuida de seu filho durante a infância, as mães têm também um papel constante na vida de seus filhos, adolescentes, jovens adultos e até filhos completamente adultos. Enquanto o papel da maternidade deve se transformar e se desenvolver, o amor, cuidado, educação e encorajamento que uma mãe dá nunca devem terminar.



Fonte: http://www.gotquestions.org/portugues/mae-crista.html
Texto copiado e colado respeitando o original.



terça-feira, 1 de maio de 2012

Vamos falar de prosperidade

Muito se ouve dizer a respeito de prosperidade, e hoje, como nunca, esse tipo de pregação tem sido um dos principais temas desta geração em denominações cristãs, não que deixassem de pregar antigamente, mas acontece que nos últimos tempos virou uma "febre", temos lideres de igrejas sendo destaque no altar do Senhor banalizando o ensino da idolatria, colocam seus nomes e rostos como forma de marketing para atrair fiéis em grandes placas ou anuncios de tv, se tornam ícones cristãos desprezando o foco da salvação que é o Cristo, nosso salvador, dizem que ali na "sua igreja" está a resposta para todo tipo de problema, disseminando a discórdia e provocando a separação da Igreja de Cristo, promovem o individualismo e exaltam as coisas materiais.

Há muito o Senhor vem nos alertando a respeito destes, no livro de Joel, capítulo 2 versiculo 17 diz: "Chorem os sacerdotes, ministros do SENHOR, entre o alpendre e o altar, e digam: Poupa a teu povo, ó SENHOR, e não entregues a tua herança ao opróbrio, para que os gentios o dominem; porque diriam entre os povos: Onde está o seu Deus?"
O lugar dos sacerdotes é entre o alpendre e o altar, para a intercessão do povo, mas o que vemos é que os "sacerdotes" atuais se posicionam no altar que pertence ao Deus Altíssimo, Ele é o destaque, não eles!

A oração pede que, a herança do SENHOR, ou seja, aqueles que aceitaram a Cristo como unico e suficiente salvador, não sejamos entregues ao opróbio, à vergonha, pois esta vergonha desacredita o nosso Deus diante das outras nações, a teologia da prosperidade foca na promoção desta vergonha, ditando regras de comportamento para o enriquecimento imediato fazendo com que muitos que seguem a risca a estas recomendações se sintam frustrados ao deparar com um esforço vão, onde seus objetivos não se concretizam, e ao procurar o "líder" para que ele justifique seus fracassos, é convencido que o motivo nada mais nada menos vem da falta de fé.

Mas falta de fé em que? Ou em quem? Os seus esforços não implicam numa fé? Isto MATA a crença na palavra de Deus.

Por este motivo venho como servo do SENHOR, atraves da autoridade que me foi concedida através de Seu Filho Jesus Cristo, pedir a estes insensatos, que respeitem a verdadeira teologia da prosperidade, que se baseia em regras básicas como o arrependimento e a suplica por amor ao próximo, porque a palavra diz, continuando o capitulo de Joel citado acima a partir do versículo 18 até o 27: 

"Então o SENHOR se mostrou zeloso da sua terra, e compadeceu-se do seu povo.
E o SENHOR, respondendo, disse ao seu povo: Eis que vos envio o trigo, e o mosto, e o azeite, e deles sereis fartos, e vos não entregarei mais ao opróbrio entre os gentios.
Mas removerei para longe de vós o exército do norte, e lançá-lo-ei em uma terra seca e deserta; a sua frente para o mar oriental, e a sua retaguarda para o mar ocidental; e subirá o seu mau cheiro, e subirá a sua podridão; porque fez grandes coisas.
Não temas, ó terra: regozija-te e alegra-te, porque o SENHOR fez grandes coisas.
Não temais, animais do campo, porque os pastos do deserto reverdecerão, porque o arvoredo dará o seu fruto, a vide e a figueira darão a sua força.
E vós, filhos de Sião, regozijai-vos e alegrai-vos no SENHOR vosso Deus, porque ele vos dará em justa medida a chuva temporã; fará descer a chuva no primeiro mês, a temporã e a serôdia.
E as eiras se encherão de trigo, e os lagares transbordarão de mosto e de azeite.
E restituir-vos-ei os anos que comeu o gafanhoto, a locusta, e o pulgão e a lagarta, o meu grande exército que enviei contra vós.
E comereis abundantemente e vos fartareis, e louvareis o nome do SENHOR vosso Deus, que procedeu para convosco maravilhosamente; e o meu povo nunca mais será envergonhado.
E vós sabereis que eu estou no meio de Israel, e que eu sou o SENHOR vosso Deus, e que não há outro; e o meu povo nunca mais será envergonhado"

 Irmãos, o gafanhoto, a locusta, e o pulgão e a lagarta existem sim, o que fazem com que sejam neutralizados são os choros incansáveis e cheio de misericórdia dos sacerdotes, ministros do SENHOR, que têm a responsabilidade de interceder pelo povo de Deus.

Então peço a Deus que transforme os corações destes que deturbam o Teu altar, e que entreguem a Quem pertence por direito e assumam o posto de verdadeiros ministros da palavra de Deus...

Assim verão que além de todas as promessas citadas ainda verão muito mais, pois o Senhor diz:

"E há de ser que, depois derramarei o meu Espírito sobre toda a carne, e vossos filhos e vossas filhas profetizarão, os vossos velhos terão sonhos, os vossos jovens terão visões.
E também sobre os servos e sobre as servas naqueles dias derramarei o meu Espírito.
E mostrarei prodígios no céu, e na terra, sangue e fogo, e colunas de fumaça.
O sol se converterá em trevas, e a lua em sangue, antes que venha o grande e terrível dia do SENHOR.
E há de ser que todo aquele que invocar o nome do SENHOR será salvo; porque no monte Sião e em Jerusalém haverá livramento, assim como disse o SENHOR, e entre os sobreviventes, aqueles que o SENHOR chamar."Joel 2 28-32

Amem!!!!!

sexta-feira, 6 de abril de 2012






Por quantas vezes questionamos o por que das necessidades que passamos, das adversidades, das tribulações, enfim... estas perguntas não são ao vento, ainda mais se estivermos angustiados, tem sempre um responsável pelas respostas: Deus.

"Por que meu Deus?" Alguém já disse isto? Pois bem... Já se perguntaram por que estamos tão bem? Ou melhor... já perguntaram pra Deus?

Pois a mesma pessoa que achamos responsável por responder nossas perguntas de angústias é a mesma que justifica sua alegria, mas acontece que nos esquecemos disso...

Nós verdadeiramente sabemos ouvir as justificativas de Deus?
Verdadeiramente O queremos ouvir?
Seria frustante saber que a culpa por tanta angustia e dor é por causa de nossas escolhas não é mesmo?
Digo que estas mesmas escolhas também são responsáveis pelas alegrias e conquistas em nossas vidas, e muitos não sabem... infelizmente.

Por isso temos que pensar no que escolher: a benção ou a maldição

"Eis que hoje eu ponho diante de vós a bênção e a maldição;

 A bênção, quando cumprirdes os mandamentos do SENHOR vosso Deus, que hoje vos mando;
 Porém a maldição, se não cumprirdes os mandamentos do SENHOR vosso Deus, e vos desviardes do caminho que hoje vos ordeno, para seguirdes outros deuses que não conhecestes. "

Deuteronômio 11:26-28

 Decida-se!!!!!

Aceite verdadeiramente a voz do Senhor, e obedeça!

domingo, 25 de março de 2012

Oração perfeita...

 

 

Salmos - Capítulo 67


1 DEUS tenha misericórdia de nós e nos abençoe; e faça resplandecer o seu rosto sobre nós (Selá.) 

2 Para que se conheça na terra o teu caminho, e entre todas as nações a tua salvação. 

3 Louvem-te a ti, ó Deus, os povos; louvem-te os povos todos. 

4 Alegrem-se e regozijem-se as nações, pois julgarás os povos com eqüidade, e governarás as nações sobre a terra. (Selá.) 

5 Louvem-te a ti, ó Deus, os povos; louvem-te os povos todos. 

6 Então a terra dará o seu fruto; e Deus, o nosso Deus, nos abençoará. 

7 Deus nos abençoará, e todas as extremidades da terra o temerão. 


Aprendi que a bíblia contém todas as palavras do meu novo coração, pois não sei como orar, não sei se quer como me achegar a Deus sem temer os seus Santos olhos, então derramo em prantos sobre minha cama e exalto o Seu Santo Nome, por saber que és Honra e Glória, Amor e Misericórdia, meu leito é onde me prosto onde quer que esteja, agora, diante do computador me sinto o pior homem do mundo, me sinto pequeno e incapaz...

E por isso, declaro o meu amor... aliás... declaro meu "pseudo amor", pois por mais que tente declarar este amor, não serei capaz de fazê-lo por mim mesmo.

Sei que todo homem tem sua natureza má, por isso que aquilo que digo que é amor, nem sempre corresponde ao tal... o amor é puro e não tem natureza má, e eu ainda estou sendo transformado de gloria em gloria, mas sei também que quem me faz sentir o verdadeiro amor puro e santo é o proprio Espirito, pois a Sua natureza é Pura, e Ele habita em mim, pela fé que tenho na palavra.

Permita que o Espirito Santo o use para exaltar e engrandecer o nome do Senhor, permita que Ele te ensine como amar.


Sou teu Senhor, somente isso, todo Seu... é assim que o espirito ora a Ti neste momento...

sábado, 10 de março de 2012

Identifique-se por favor...

Muitas pessoas no meio cristão, se utilizam de um jargão já batido no meio, "eu tenho um chamado", mas estas pessoas sabem realmente qual é o tipo de chamado ao qual ela responde?
Para isso não teremos de ir tão longe, basta lermos a bíblia e ver que cada profeta, cada rei, cada apóstolo e até mesmo o próprio Jesus sabiam qual era seus respectíveis chamados.

De Gênesis à Deteronomio vemos um profeta da libertação que veio resgatar o povo de Deus e mostrar que Ele é, e sempre será o Deus que salva, liberta e conquista, Moisés não sabia quem ele era pra Deus, mas Deus sabia quem era Moisés, e o mais importante, Moisés se viu como Deus o via.

Dá pra entender a dinâmica? Quantas pessoas eu já questionei a respeito disso e elas me respondem que o seu chamado está em pregar o evangelho à toda criatura, bom, com toda razão, mas a questão aqui é, como irá empregar o seu chamado?

Qual é a estratégia a seguir? com que intensidade está sendo preparado para assumir este chamado? Você correria os riscos necessários e viveria as perdas possíveis para cumprí-lo?
Se você sabe responder todas estas perguntas, você realmente sabe do propósito de Deus em sua vida, você se vê como pela ótica de Deus.

O meu apelo é que, nós, intitulados cristãos, assumamos a postura de sermos cristãos (pequenos cristos), e não dependermos de boas palavras e bençãos bem sucedidas para falar das boas obras do Senhor, sabermos verdadeiramente o propósito d'Ele para nossa vida e para as vidas que Ele entregar em suas mãos.

A igreja do Senhor não pode mais permanecer assim adormecida... Desperta! Estudos bíblicos e teológicos são válidos, mas precisamos de testemunhar as maravilhas de Deus na nossa vida diária.

Deixo aqui o meu mais recente testemunho de milagre que aconteceu comigo hoje:

Eu, pela graça e misericórdia do Senhor, pude abrir os meus olhos para contemplar suas maravilhas...

Eu me regozijo pelo fato de ter sido sustentado durante toda a noite e pela a oportunidade de exercer o propósito do qual fui chamado durante todo o dia.

E você? Já dedicou o seu dia ao Deus de toda glória?

Que assim seja!

Yosef Nadarkhani está vivo março 2012 (Reprodução)


A Frente Parlamentar Evangélica, Gleisi Hoffman, ministra da Casa Civil, e Antônio Patriota, ministro das relações exteriores, procuraram e trouxeram informações aos evangélicos brasileiros sobre o caso do Pr. Yosef Nadarkani. Isso ocorreu no início deste mês.

Segundo Carlos Bezerra, evangélico, deputado estadual por São Paulo na chapa PSDB, o governo federal tem feito pressão diplomática sobre o Irã e surte efeito. Em seu Twitter, ele publicou: “Ótima notícia! Autoridades diplomáticas iranianas responderam ao governo brasileiro afirmando que o Pr. #Nadarkhani não será condenado à morte. A pressão diplomática brasileira tem surtido efeito no caso do Pr Nadarkhani, q envolve grave violação do Direitos Humanos. #intolerânciaNão”.

Marcelo Aguiar, deputado federal, e cantor gospel de Me dá Poder de Filho, respondendo entrevista à TV Record, revelou que os diplomatas iraniano garantem às autoridades brasileiras que Nadarkhani vive. “Ficamos esperançosos e confiantes na gestão do governo brasileiro em favor desse cristão que nada mais fez do que professar sua fé em Jesus Cristo”, disse Aguiar. "

A Frente Parlamentar reunida com o ministro Antonio Patriota estava composta dos seguintes nomes: Anderson Ferreira, João Campos, Marcelo Aguiar, Marco Feliciano, entre outros.

Acompanhe a evolução deste caso: UBE Blogs.

Consulta: Gospel +
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
E.A.G.


terça-feira, 6 de março de 2012

Vazio...

"E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará." Mateus 24:12.






Sinônimo de iniquidade: arbitrariedade, crime, culpa, "injustiça", maldade e pecado.
Tenho passado por um processo de "quarentena espiritual", parece que Deus me colocou de molho por um tempo, mas não me deixou só.

Este período me fez buscá-lo mais, dedicar a questionar a respeito da verdadeira vida cristã e me apegar a um dilema: Estamos realmente pregando as boas novas nesta geração? A mensagem do Reino está sendo realmente pregada?
Segundo o livro de Isaias ( o qual através dele o Senhor Jesus se revelou como o Messias. Isaias 61), as boas novas é a presença de Deus aqui na terra (isaias 40:9) e o Seu Reinado é eterno (isaias 52:7).

Eu acredito que Ele é o mesmo ontem, hoje e sempre, e adotei uma postura em relação ao meu chamado ministerial, o Senhor tem me chamado de Atalaia por várias vezes, e a postura diante de um chamado do Rei é o serviço, servir sem questionar e sem colocar obstáculos para cumprir a vontade dele.
Em consequencia disto, tenho sido enviado a falar dos perigos da falsa doutrina, as boas novas que trago às pessoas é que existe um Deus que é poderoso, Soberano e Todo Amor.

Onde quero chegar com issso? Quero dizer que tem se aberto uma lacuna muito grande no que diz respeito ao Deus pessoal, o Deus Pai, pregamos as bençãos e não nos importamos com o Abençoador, isto digo ao me remeter ao passado de perseguição, de louvores verdadeiros em que se cantava a felicidade de estar servindo a Deus sem privilégios ou recompensas, sem status ou títulos pelo serviço prestado, estou falando de escrever uma nova página no livro da hitória dos anunciadores do evangelho, e só a mensagem de amor e justiça preenche estas páginas.

Hoje já não se ensina a orar, as pessoas são dependentes das orações materialistas e depressivas que alguns ( e são muitos) líderes de instituições fazem, a comunhão já não é o ponto de superação de problemas, o "eu" tem gritado em alto e bom som pelas reuniões nas instituições afora.

Estão impedindo o Espirito Santo de produzir frutos genuínos do se amor, e um deles é o domínio próprio (Galatas 5:22,23), as ovelhas estão cada dia mais dependentes de ritos religiosos, jargões, amuletos e supertições do que dependentes de Deus.

Há uma fome euma sede que assola o mundo e os pastos estão sendo destruidos e as aguas estão se turbando cada dia mais.

Fui levado a buscar a origem da minha conversão e aconselho fazerem o mesmo, pois a decisão de se converter (verdadeiramente), vem da sensibilidade ao toque do Espirito Santo, fique sensível ao toque, sinta e passe a diante.

Este é o verdadeiro evangelho:

1João 1:3-10


"3 O que vimos e ouvimos, isso vos anunciamos, para que também tenhais comunhão conosco; e a nossa comunhão é com o Pai, e com seu Filho Jesus Cristo.
4 Estas coisas vos escrevemos, para que o vosso gozo se cumpra.
5 E esta é a mensagem que dele ouvimos, e vos anunciamos: que Deus é luz, e não há nele trevas nenhumas.
6 Se dissermos que temos comunhão com ele, e andarmos em trevas, mentimos, e não praticamos a verdade.
7 Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado.
8 Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós.
9 Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça.
10 Se dissermos que não pecamos, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós."


Que a unção do Espirito esteja sobre nós...

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Caído?

Edward G. Dobso, Pastor, evangelista de multidões, referencia para um referencial meu em particular, pastor Rob Bell, homem íntegro e respeitado por todas as classes sociais, hoje, condenado à morte... (clique aqui).

 Ás vezes me assombro com as atitudes de Deus em relação aos seus seguidores, é inevitável não se questionar sobre o por que de tanto sofrimento e dor, quem diz que entende, na verdade, mente descaradamente.
Mas temos a certeza que as atitudes destas pessoas que servem ao Pai em relação ao seu martírio nos cabem como respostas a tantos questionamentos.

Essa questão nos leva ao livro de Jó, não tenho a pretensão de comparar a integridade de Jó à do pastor Ed Dobson, mas o caso é sem dúvida, digna de comparação, não pelo sofrimento, mas sim pela atitude de ambos diante das calamidades que os assolam...

Há um video do pastor Rob bell que pode traduzir aquilo que o pastor Ed esteja sentindo e compartilho com ele esta dor, não por estar passando por igual situação, mas por sermos unidade em Cristo pelo Espirito Santo. Veja video na íntegra clicando aqui.

Será que estamos dispostos a aceitar os propósitos de Deus para nossa vida?

Será que saberíamos lidar com estes propósitos?

Não é você simplismente aceitar a situação, é como você reage a ela que vai determinar o tamanho de sua fé.
O livro de Jó nos conta que a restauração de sua vida foi efetivada depois da oração aos seus amigos, o caso aqui não é a oração de Jó em si, mas o reconhecimento de seus amigos que aos olhos de Deus ele era realmente íntegro em suas ações.

Às vezes deparamos com pastores em declinio de seus ministérios e já o damos como perdidos. Mas como disse Jó: " Uma vez falei e não replicarei, aliás, duas vezes, porém não prosseguirei."

 Tenhamos a humildade de ver pela perspectiva do Senhor e aprendamos como nos portar diante as adversidades.

Que a paz que excede todo entendimento esteja sobre nós!

sábado, 11 de fevereiro de 2012

A jornada..

Há dias em que não nos sentimos bem, bate um desanimo arrebatador que chegamos a desejar o fim da jornada, o dia anterior a esta, foi um destes dias pra mim.

Hoje ainda sinto o reflexo deste dia, mas um anjo veio até mim, não o vi, nem o senti, mas sei que o desejo que ardeu em meu coração veio de uma mensagem enviada pelo Senhor.

Antes mesmo de encerrar o dia ganhei forças para completar a jornada, você que é cristão já ouviu falar deste epsódio na bíblia, como eu também já conheço, mas vivenciar este epsódio é uma experiência inexplicável, mas descritível...

Em 1Reis no capítulo 18 apartir do versículo 20, conta como Elias, um profeta de Deus, enfrentou 450 profetas de Baal em nome do Senhor e venceu, mas uma simples ameaça de uma unica mulher o fez o fez cair em depressão, e ao desejar a morte se alimentou e foi para o monte de Deus e entrou numa caverna e ali O encontrou em um cicio tranquilo e suave.

Esta pregação foi feita por muitos preletores ungidos em nossos dias, e sei que foram usados por Deus para animar os abatidos e contritos de coração.
Mas uma coisa que, particulamente falando, nunca ouvi nenhum destes preletores dizer, é sobre o alimento que foi dado a Elias debaixo do Pé de zimbro e sua jornada de quarenta dias até o monte de Deus.

Pode observar os detalhes? Primeiro ele andou por um dia e meio no deserto até se prostar debaixo do zimbro, há quem diga que o fruto desta planta combate o nervosismo, medo, preocupação desgostos, perturbação mental, acesso de fobias e sono agitado, mas isso é misticismo, as vezes buscamos um amuleto ao qual depositamos nossas ansiedades e buscamos a Deus através dos mesmos, mas as coisas não funcionam assim.

O Senhor se achegou a ele e o despertou para que se alimentasse, ao despertar do seu pesado sono Elias se deparou com 3 elementos: Pão, pedras em brasas e água.
Isso não nos parece familiar?

Pão: "...Eu sou o Pão da vida..." João 6:35 (Filho)
Brasas (fogo): "Então o Senhor vos falou do meio do fogo..." Deuteronomio 4:12 (Pai)
Água: "Porque derramarei água sobre o sedento e torrentes, sobre a terra seca,..." Isaias 44:3 (Espirito Santo)

Depois de se alimentar, Andou por quarenta dias e quarenta noites, fortalecido pelo alimento enviado por Deus, muitos pregam sobre o cicio suave após o vento forte, o terremoto e o fogo, mas o que eu gostaria de falar é da jornada dos 40 dias e quarenta noites, neste período não há relato de que o Senhor falava com Elias, ele passou esta jornada somente confiando no alimento e na palavra de ordem do enviado de Deus.

Tenho vivido esta jornada, sem me comparar com Elias, mas todos nós temos nossas preocupações, nossas ansiedades, nossos temores... Mas o que importa é como encaramos as circunstâncias, como nos fortalecemos quando chegamos debaixo do zimbro, e o quanto estamos dispostos a caminhar para se achegar até Deus...


"Portanto, não vos inquieteis com o dia de amanhã, pois o amanhã trará os seus cuidados; basta ao dia o seu própio mal." Mateus 6:34.



quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Uma certa carta de amor...

"pois dizes: Estou rico e abastardo e não preciso de cousa alguma, e nem sabes que tu és infeliz, sim, miserável, pobre, cego e nu." Apocalipse 3:17


Este trecho foi retirado de uma das cartas direcionadas às 7 igrejas da Áisia, esta em particular, à Laudicéia no capitulo 3 de Apocalipse.
Não estou aqui para fazer um estudo teológico do conteúdo destas cartas, mesmo porque, eu não teria gabarito para tal coisa, mas sei que a Palavra do Senhor é revelação, e vivo por este princípio que, aliás, é meu modo de ver a vida.


Muito me chamou a atenção o modo pelo qual é exortada a igreja, parece que  ela se ensoberbeceu na sua riqueza material e se esqueceu da espiritual.
Nos nossos dias há muitas dessas igrejas (corpo, não instituições), que não são menos omissas nas questões do amor de Deus quanto eram a de Laudicéia.


O Senhor vem se mostrando indignado e ao mesmo tempo preocupado desde o inicio, pois logo no início da carta Ele se apresenta como " o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus", isso nos leva a crer que Ele é quem dá a palavra final, cumpre aquilo a que se obriga, seja juízo ou perdão e que em suas mãos há benevolência e amor. (Versiculo 14 do capitulo 3 do livro de Apocalipse).


O Senhor diz que conhece todas as nossas obras, e nos desperta ao fato de não ficarmos em cima do muro, ou o servimos de todo o coração e toda a alma nos entregando completamente, ou nos esquecemos de sua bondade e escarnecemos até nos consumir por completo no pecado, isso nos leva a fazer escolhas, Ele nos dá um ultimato, nos aconselha a pagarmos um preço por nossa purificação, para que em santidade possamos ver as coisas assim como elas são.


Há muitos cegos guias de cegos em nosso meio que precisam pagar este preço, há muitos pregadores de falsas riquezas que precisam ouvir o clamor do Senhor por arrependimento, este clamor é para o anjo que cuida da igreja, é para o lider, apóstolo, mestre, pastor ou qual seja o nome ou título do responsável por cuidar do rebanho do Senhor.


Ele os exorta por amor, arrepender-se é fruto deste amor, se não há arrependimento não há reconhecimento deste amor.




"Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha vóz e abrir a porta, entrarei em sua casa e ceiarei com ele e ele comigo." Apoc. 3: 20.


Sou bem-aventurado por chorar...

sábado, 28 de janeiro de 2012

Sou forte porque sou fraco.

Minha vida hoje é completamente voltada a servir a Deus e a caminhar com ele na intenção de adquirir mais conhecimento do seu amor, e tenho obtido êxito em meu querer, pois busco a sabedoria verdadeira que se encontra no livro de proverbios nos capítulos 8 e 9, com isto não me julgo mais sábio que outras pessoas, só considero e reconheço a grande graça que vem de Deus sobre a minha vida.


A medida que andamos com Deus nos conhecemos mais e conseguimos enxergar o quanto somos indignos de estar em sua presença, quanto mais aceitamos o amor de Deus, mais ficamos constrangidos a magoá-Lo, não é a medida que nos é dada que nos constrange, é o quanto reconhecemos a grandeza desse amor que nos faz agir com temor e tremor, e passamos a querer honrá-Lo.


Digo estas coisas por agora reconhecer que não sou nada perante este amor, por mais que seja usado, eu reconheço que não é por merecer, e sim por estar debaixo desta graça (amor).


Quanto mais sou usado em nome de Jesus, mais reconheço este amor, pois como disse paulo em 2corintios 12:7, sou esbofeteado para que não me exalte a ponto de acreditar que sou melhor que ninguem por isso.


Sou acusado o dia todo por minhas falhas e imperfeições, meus pensamentos são maus e minhas ações me fazem vacilar, mesmo assim não quero sair da grande presença do Senhor, como disse o salmo dos filhos de Coré: "Pois um dia em teus átrios vale mais que mil; prefiro estar à porta da casa de meu Deus, a permanecer nas tendas da perversidade." salmo 84:10.




É a minha fraqueza que me leva estar diante do Senhor, e a soberba só me faria sentir que não mais preciso deste amor.


Por esta razão que digo que minha Fortaleza e meu Escudo, Aquele que vem o meu sustento, a Sabedoria e a Paz está sempre comigo quando apenas clamo e suplico por sua misericórdia.


Que sejamos fracos perante o Trono e reconheçamos que não precisamos de nada além do Senhor, nisto teremos todas as coisas.


Sou bem-aventurado. Mateus 5

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Qual é a perspectiva?

Ontem, observando a brincadeira entre minhas filhas e seus amiguinhos, notei que desde pequenos temos modos diferentes de ver a vida, mesmo na mais simples das brincadeiras, o "Pique-esconde".


Para muitos, ser o "pique" era a hora da morte... pelo menos na minha época, e em meio a colegas e irmãs da minha filha caçula hoje em dia é assim... Ela brincava e se divertia naturalmente se escondendo e muito bem escondida da turma, sendo que não a encontravam em primeiro lugar, isto faria dela o pique, foram muitas rodadas assim, até que chegou sua vez...


De repente a brincadeira acaba, resolveram do nada parar a brincadeira, como disse antes, isto para mim seria tudo de bom, e creio que para a maioria das crianças tambem... rsrsrs... afinal procurar os outros era um tédio, o legal mesmo era se esconder.


Mas em meio a bagunça surgiu um brado de indignação: - Por que logo na minha vez de procurar a brincadeira acaba? - seguido de choro e muito grito... sério... nunca, na minha infancia eu presenciei tal fato...


Por fim, a turma voltou a brincadeira e ela ficou satisfeitíssima...


Na vida cristã também agimos como a maioria, só damos valor às coisas que nos favorecem, enquanto estamos na zona de conforto satisfazendo nosso ego e realizando sonhos, louvamos e exaltamos a Deus como nunca... vemos de fora como estão aquelas pessoas que passam por um período de dificuldades, lutas e tribulações e imaginamos o sofrimento que as afligem, sem perceber que algumas aproveitam este momento de dor e sofrimento para exaltar ao Senhor como se estivessem na zona de conforto.


Qual seria a sua perspectiva em relação a ter uma vida tranquila ou atribulada? Você seria capaz de engrandecer a Deus nestes momentos? Ou melhor, você seria capaz de reconhecer que Deus pode ser exaltado e estar presente constantemente na vida de quem passa por tribulaões?


A gente não precisa entender, somente precisa confiar que Deus tem tudo sob controle, pois temos que ter a verdadeira sabedoria que vem do Santo Espirito, como diz Paulo em sua primeira carta aos conrintios no capitulo 2, citando as palavras do Senhor que está no livro de Isaias capitulo 64, versiculo 4: "Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com olhos se viu Deus além de Ti, que trabalha para aqueles que nele espera."


Tenha a perspectiva de Deus, queira continuar sendo o "pique" com alegria até passar a sua vez, Espere no Senhor.


"Eu sei, seus pensamentos são mais altos que os meus, o teu caminho é melhor do que o meu, sua visão vai além do que eu vejo, o Senhor sabe exatamente o que é melhor pra mim, e mesmo que eu não entenda o seu caminho eu confio"... ( Thalles Roberto - Mesmo sem entender - CD Uma história escrita pelos dedos de Deus).


 Sou Bem-aventurado.

sábado, 21 de janeiro de 2012

Então Profetiza...

PROFETIZEM GUERREIROS!



Bramiu o leão, quem não temerá? Falou o Senhor JEOVÁ, quem não profetizará? (Amós 3.8).



Por sua força e coragem, o leão se faz respeitar, é assim que ele avisa o perigo que está ameaçando seu grupo, com o seu bramido. Assim é o Senhor, que com a sua voz como som de muitas águas avisa aos seus que precisam se preparar pelo o que estar por vir, como um Pai, o Senhor com a sua voz, aconselha, pede, alerta através de professias, mas se a pessoa da qual ouviu a voz do Senhor, por algum motivo torpe, não fez aquilo que o pediu, este arcará com as consequencias, responderá pelo sangue dos desavisados (Ap 21. 8).
 

Quando o leão dá o seu bramido, todos que estão em sua volta procuram por um refúgio, um abrigo, pois sabem da importancia de se dar ouvidos àquele bramido, é a altoridade que se estabelece através daquele animal, assim somos nós, profetas do Senhor, temos a altoridade vinda de Deus para alertar aqueles que estão sob nossas responsabilidades. Deus nos fala a fim de nos ajudar a sair de uma crise, ou nos dar um ministério. Nesse caso, se Ele nos dá uma missão, não podemos nos calar, pois, assim estaremos em pecado (Tg 4.17).


Faça como Samuel em seu chamado, quando ouvir a voz do Senhor, diga: Eis-me aqui!


Exalte-O

"O filho honra o pai, e o servo o seu senhor; se eu sou pai, onde está a minha honra? E, se eu sou senhor, onde está o meu temor? diz o SENHOR dos Exércitos a vós, ó sacerdotes, que desprezais o meu nome. E vós dizeis: Em que nós temos desprezado o teu nome?" (Malaquias 1:6)

Como temos clamado em voz alta a soberania do Senhor em nossas vidas, a compaixão e a misericórdia do nosso Pai todo poderoso, dentro das igrejas, nos programas de televisão e rádio, nas ruas, em louvores... como temos clamado!
Mas temos vivido esta verdade? Será que estamos honrando o Senhor como deveríamos honrar? Ao saírmos por aí declarando o Poder de Deus, esteríamos realmente com o coração cheio de seu Espirito? Creio que não, nosso tempo está tomado por preocupações, por distrações mundanas, quando vamos às igrejas, temos hora certa de chegar em casa, passou alguns minutos a mais do horário de término do culto, ficamos apreensíveis, inquietos, ao buscarmos em casa a palavra de Deus, um capítulo da bíblia nos causa sono, a nossa fé está voltada às nossas vontades, não às necessidades do próximo, queremos nos encher do Espirito, a sede é insaciável, mas o transbordar é limitado, não deixamos alcançar quem mais necessita, estamos fugindo de nossas responsabilidades, pois tudo que acontece de ruim em nossas vidas, a culpa é de um "encosto"; é claro que há o mal que nos pertuba, mas temos o livre arbítrio, o que nos acontece de ruim é consequência dos nossos própios atos, nós decidimos se vamos ou não tomar aquela decisão (Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo. Ef 6:11) somos Filhos de Deus(Romanos 8:15), então honremos a Deus como tal.
Estamos em condições de servos, pois Deus tem o domínio sobre a vida e a morte, e temos que teme-lo (Eclesiastes 8:8), não há mais dúvidas sobre esta questão, temos somente que honrá-lo como Senhor e Pai, e assim teremos sua misericórdia e justiça sobre nós...

"Vós, os que temeis ao SENHOR, confiai no SENHOR; ele é o seu auxílio e o seu escudo." (salmos 115:11)

VIVA ESTA VERDADE!!!

Estamos regredindo?

"Precisamos do Cristo não porque os homens se esquecem de ter fé, mas porque, com freqüência, eles abandonam a Razão e cedem ao horror". (Diogo Schelter/Site Revista veja 19/12/2008).

Este trecho foi retirado de uma reportagem da revista Veja sobre a genocídio de Darfur, no Sudão, este conflito originou-se oficialmente em 2003, e se alastra ao decorrer dos anos, a questão é que, por mais que se digam que se trata de uma guerra entre religiões, como é de costume ouvir desta região, a situação é completamente diferente; se trata de interesses políticos fragmentados por milícias que se originaram na fragmentação do poder militar que insentivou o conflito, que hoje, por mais que seja absurdo afirmar, se justificam em conflitos étinico-culturais que ganharam força nos ultimos anos.

Estão perdendo o foco da luta, estão perdidos em interesses políticos, estão desnorteados... não se tem mais uma causa, já não existe um porque, simplesmente lutam por lutar, é a lei do mais forte, aquele que sobressair é o melhor, se esqueceram de olhar em sua volta e observarem que grande parte da população não tem o menor interesse nessa guerra, são instrumentos de ataque e defesa, o que interessa milhares de mulheres e crianças sendo massacradas, se o que importa é o poder?

Concordo quando dizem que precisamos de Cristo, pois Ele nos ensinou o amor ao próximo, o amor própio, que é o verdadeiro alicerce de uma civilização.

A ignorancia do homem faz com que entre em contradição a famosa teoria de Darwin, de que as epécies se evoluem, pois digo se continuarmos assim, sem Cristo nos corações, iremos nos exterminar da face de terra, a evolução só é possível se estivermos em Cristo e Ele em nós.

Este artigo é só um dos exemplos ( se é que se pode dizer assim) da estupidez humana.

Temos de nos conscientizar da importancia de um Deus vivo em nossas vidas!
Que o Senhor nos abençoe!!!

Algumas considerações sobre o amor

Ah!... O amor!... O que será que se pode descobrir sobre este fabuloso e temido sentimento?
Bom, eu poderia citar "N" coisas desse sentimento:

  • Te faz se sentir protegido;
  • Te faz se sentir protetor;
  • te faz carente;
  • Te faz solidário;
  • Te exalta;
  • Te derruba;
  • Te engana;
  • Te faz sóbrio;
Aliás... o que difere o amor da amizade?
Pois te digo que nada pode diferenciar um do outro pois ambos são exatamente iguais perante a humanidade, seja entre pessoas do mesmo sexo quanto pessoas de sexo diferente... exceto por um detalhe... em alguns casos a amizade ganha um certo tempero a mais... o desejo!

E isso adicionado antes do tempo gera perigosos efeitos colaterais, acaba com um condimento especial que se é colocado no início do preparo da amizade: A confiança.

E sem confiança não há amor...

Então poderíamos considerar que o amor entre um casal que se deseja intensamente comece na amizade?

Talvez... se os dois descobrirem juntos o verdadeiro sabor da confiança... quem sabe?

Amigos dizem "eu te amo!" e isso é a mais pura verdade, pois o verdadeiro amor se encontra numa total cumplicidade, os verdadeiros amantes são os verdadeiros amigos.

Amigos não usam contratos, eles confiam...
Amigos não fazem promessas, eles esperam um do outro, e esperar é confiar...
Amigos se doam, isso é confiança...

Então O alicerce de um relacionamento é o alto índice de confiança.

confie mais, se entregue, esperem, assim se poderá amar de verdade!

Ame incondicionalmente!

Eu me amo...

Hoje eu acordei com uma vontade incontrolável de gritar para o mundo inteiro o quanto eu me amo... rsrsrs.

Parece estranho né? mas é assim que eu me sinto no dia de hoje, como se eu estivesse tendo novamente a sensação de ter encontrado alguém especial, alguém com quem eu possa contar, que me entende, me consola nos momentos de angústia... pois é... essa pessoa sou eu, ninguém mais, acordei com a certeza de que sou feliz, tenho saúde, tenho sonhos, tenho 3 pessoinhas que amo demais, quer coisa melhor que ter filhos? Acho que não há nada melhor... afinal são um pedacinho de vc que se sobressai, eu sou feliz sim! 


Digo isso com orgulho, sou abençoado, por ter o Senhor comigo, por poder acordar a cada dia e poder fazer o que não fiz ainda, é previlégio de todos poder recomeçar, ser renovadas as esperanças, até então, meio que perdidas, poder olhar adiante e ver um horizonte de oportunidades a sua frente... pois é... não tenho como agradecer este momento, ter como encontrar velhos e inesquecíveis amigos, e dizer o quanto eu os amo... só para reforçar a amizade...


Quero dividir este dia com todos que estão presentes em minha vida, quero ter a oportunidade de distribuir a mesma sensação de felicidade a todos, e que essa sensação seja tão volumosa que possa transbordar e atingir a todos que estão em volta de meus amigos... é.... contagiar... esta é a palavra correta, como um vírus, que chega sem se esperar, assim é muito mais emocionante.

Mais uma vez agradeço a Deus por tudo, pois sou agraciado pelo Teu amor, sem que eu mereça, por ser a obra da perfeição, por Tê-lo como Pai...

Obrigado Senhor!!!!!!

Soberano é o Senhor!

"E todos choravam, e a pranteavam; e ele disse: Não choreis; não está morta, mas dorme."(lucas 8:52)
Este versículo narrado pelo apóstolo Lucas, nos relata o poder soberano e a visão sobrenatural de Deus, nos mostra que mesmo as nossas certezas se contradizem, que temos que nos dedicar a ver como Ele nos vê...

A sua esperança se foi, seu sonho se desfez? Não tem espectativa de nada? se enxerga já morto? Pois Jesus diz:

- Desperta!

Pois Ele diz que está apenas a dormir... e por mais que se prove o contrário, saiba que Ele tem o poder da vida e da morte em suas mãos, Ele pode te tirar de qualquer situação, é apenas crê e não temer, que tudo se conclui, ouça a Sua voz, entregue-se.

A sua promessa é bem clara, "aquele que perder a vida por amor de mim, este a achará" (Mateus 16:25),


Este é o consolo que o Senhor nos deixa, não temas, há vida na morte...


Dedico este artigo para um irmão que até em distancias remotas me inspira a buscar ao Senhor

Um grande abraço e que Jesus o abençoe irmãozinho REINALDO ALVES.

No centro da vontade de Deus l

"...venha o Teu Reino, seja feita a Sua vontade, assim na terra como no Céu..."(Mateus 6:10).
Jesus permaneceu em todo o tempo no centro da vontade de Deus, mas nem por isso deixou de ser tentado (Lucas 4), e nem deixou de sentir frio, fome e sede, justamente por ter se submetido a vontade do Senhor, que Ele foi crucificado, (Marcos 14:32-42; Lucas 22:39-46; Hebreus 5:5-10).
A primeira coisa que precisamos entender é que, estar no centro da vontade de Deus nos proporciona paz, gozo, alegria, certeza, segurança (Hebreus 12: 1-4).
Em qualquer situação temos o respaldo divino, pelo fato de não estarmos na prática do pecado (Efésios 4:22; Galatas 5:-24-25). Jesus descansava ali, no centro da vontade de Deus, muitos de nós, cristãos, pensamos que estar no centro da vontade de Deus, é estar livre de tribulações, provações... bom, não é bem assim, estar nessa situação, é permitir que o desejo do Pai prevaleça, é crer sem vacilar que a despeito de qualquer circunstância, somente a vontade de Deus é boa, perfeita e agradável para nossa vida (Gênesis 22:1-18; Lucas 22:42; Filipenses 4:12,13; Romanos 14:8; 2Corintios 5:15), pois só o Senhor sabe os pensamentos que tem para o povo que o serve. (Jeremias 29:11).

A paz de Cristo prevaleça em nossas vidas... Amém!

Estudo cedido pelo irmão Reinaldo Alves.